Notícias

Presidente da ATM participa do Conselho Político da CNM e de audiência com Ministro dos Transportes

O presidente da Associação Tocantinense de Municípios (ATM), prefeito de Pedro Afonso, Jairo Mariano, debateu com líderes municipalistas de todo o Brasil as pautas de interesse dos Municípios durante reunião do Conselho Político da Confederação Nacional de Municípios (CNM), ocorrida nesta terça-feira, 11, em Brasília. Ainda, se reuniu com o Ministro dos Transportes, Maurício Quintella, e a Bancada Federal do Tocantins em Brasília, para solicitar o início e a conclusão de obras de integração entre estados e municípios.

“Na reunião do Conselho Político debatemos a importância de estarmos ocupando espaços nas discussões do Congresso Nacional, pois o Movimento Municipalista conquistou uma abertura muito grande no parlamento brasileiro. Precisamos avançar cada vez mais na Câmara e no Senado”, disse o presidente da ATM, ao destacar ainda as importantes conquistas obtidas nas casas, como por exemplo, a derrubada do veto ao projeto que trata do Imposto sobre Serviços (ISS) e o repasse extra de 1% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), que em 2017 foi pago integralmente.

Presidente da ATM, Jairo Mariano


Ministro

Mariano, acompanhado do coordenador da Bancada Federal do Tocantins, senador Vicentinho Alves, e dos deputados federais Josi Nunes, Lázaro Botelho, Vicentinho Júnior e César Halum, se reuniu com o ministro dos Transportes, Maurício Quintella, para apresentar as prioridades do Tocantins. O presidente da ATM esteve acompanhado também do secretário – executivo da ATM, Jailton Bezerra.

“Apresentamos ao ministro a urgência quanto ao início das obras de construção da ponte sobre o Rio Araguaia em Xambioá, o andamento das obras da BR – 242 e liberação de recursos para a construção de travessias urbanas na BR-153 nos perímetros urbanos de Paraíso do Tocantins, Barrolândia, Nova Olinda e Wanderlândia”, elencou o presidente da ATM.



Além disso, o presidente da ATM e a bancada federal pontuaram a necessidade de recomposição do Orçamento do DNIT para a execução de projetos e obras viárias no Estado do Tocantins, reforma e ampliação do aeroporto de Araguaína e a decretação da caducidade do contrato de concessão da BR-153/GO/TO. (Com informações da Ascom/Vicentinho Alves)